segunda-feira, julho 04, 2005

A Sorte no meio do azar

Já há uns tempos que me venho a perguntar com é possível ter tanto azar durante tanto tempo... Mas as vezes também penso positivo e acho que podia ser pior (e as vezes até é. lol). Contudo, há sempre umas pequenas coisas que vêm animar e aí viva a sorte! Mas porque é que em regra geral a maré é de azar e não de sorte? Se calhar porque se assim fosse, não dava tanta importância a esses pequenos momentos de sorte e ia abaixo com qualquer azar... Mas sinceramente, já tou farto de esperar por uma grande sorte, e não me refiro ao euromilhões (que até dava jeito). A balança podia ser um pouco mais equilibrada... Já se foi o tempo em que cada momento era avaliado individualmente, agora já só vejo em escalas de tempo maiores. Avaliação feita... 30% de mal, 5% de bom, e 65% de nada a registar. O problema é mesmo com este 65%...
Por um lado fico contente por não balancear ainda mais pró mesmo lado, mas podia aparecer algo que pesasse a favor do bom... Quando é que me cai uma prenda do céu e me faz sentir um pouco mais feliz no meu dia a dia? Quando é que vou poder finalmente chorar nos momentos maus porque já não é hábito? Quando é que vou passar grande tempo a sorrir apenas porque me sinto bem e tenho pelo menos um bom motivo para isso, e não apenas por pensar que podia ser pior?
HELLO!!! Axo que alguém se esqueceu de mim?!?! Se calhar até fui eu...

2 Comments:

Blogger Jorge said...

SEXO! Isso é falta de SEXO...

2:47 da tarde  
Blogger tyxcha said...

olá...nao sei kem és mas as tuas palavras tokaram a minha alma...realmente elas kondizem kom o meu estado de espirito, ja nao rio ha mto e precisava de um raioziho de sol pa poder sorrir a vontade, e xorar tb pk as koisas mas passam por mim komo lanças e kravam a minha pele sem fazer sangue, nem dor, ja nao as sinto..obrigada por estas palavras encontradas ao acaso no meio deste livro de folhas infinitas k ´´e a internet

6:37 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home