quinta-feira, março 19, 2009

Cavaleiro errante

Um cavaleiro errante vagueia sem propósito e sem destino, desbravando perigos e obstáculos apenas caminhando. Pelo caminho desperta com as tristezas e medos que o rodeiam. Não procura mas encontra os males que aterrorizam o povo que por ele passa. E com a coragem de qualquer cavaleiro desembainha a sua espada, e mesmo debilitado e com o escudo danificado, cavalga contra o perigo para lutar. Essa luta não é por ele, nada ganha e tudo pode perder, até a vida... mas enfrenta pelos outros. Por vezes até desconhecidos mas cuja vida pode mudar com a sua ajuda e tornar-se melhor, mais serena e mais feliz...
Mas tal coragem só pode esconder algo. Qual o motivo de tal solidão, de tal devoção pelos outros? Não serão os seus próprios medos? A sua própria tristeza? Será necessário outro cavaleiro para resgatar a sua alma e o seu coração?
Quem virá segurar na mão dele para erguer a sua espada contra tudo o que ele não consegue enfrentar? Outro cavaleiro ou apenas uma dessas pessoas que no seu caminho o cruza e lhe traz nova força através de armas iguais as dele...